São Domingos de Gusmão e o poder do Rosário

O Herege endemoniado

Certa vez, São Domingos pregava a devoção do Rosário em Carcassone, porém, um herege zombava da devoção mariana e dos milagres, o que impedia a conversão dos incrédulos.
Dias depois, cerca de 15.000 demônios se apossaram do herege, seus parentes o levaram a São Domingos, para livrá-lo dos demônios. O santo insistiu para que todos rezassem o Rosário em voz alta. A cada Ave Maria a Santíssima Virgem fazia sair 100 demônios do corpo desse herege, em forma de carvões acesos.
Depois que foi curado, o homem renunciou todos os seus erros e converteu-se, juntamente com outros amigos seus, tocados com a força do Rosário.

O primo de São Domingos

D. Pero, primo de São Domingos, levava uma vida muito devassa. Sabendo que muitos ouviam os sermões de seu santo primo, resolveu ouvi-lo também. Ao vê-lo, durante o sermão, São Domingos empenhou-se para que o primo reconhecesse o estado lamentável em que se encontrava. Enraizado no pecado, não se converteu.
No dia seguinte, São Domingos vendo-o entrar novamente, para tocar seu coração endurecido resolveu fazer algo de extraordinário. E gritou em alta voz: “Senhor Jesus, fazei ver a todos desta igreja o estado em que se encontra este homem que acaba de entrar”.
Os fiéis, voltando-se para D. Pero, viram-no rodeado de uma multidão de demônios em formas de animais horríveis, que o prendiam a correntes de ferro. Horrorizados, tentaram fugir, mas, impedidos por S. Domingos, permaneceram na igreja.
Ele então prosseguiu: “Conhece, desgraçado, o deplorável estado em que te encontras. Ajoelha-te aos pés da Ssma. Virgem, toma este Rosário e reza-o com arrependimento e devoção, e muda a tua vida”.
D. Pero se pôs de joelhos, rezou o Rosário e sentiu o desejo de confessar-se. O Santo o atendeu em confissão e orientou-o a rezar o Rosário todos os dias. Na saída, da cara assustadora com que antes entrara, nem resquícios havia. Pelo contrário, brilhava como a de um anjo. E assim morreu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

---------------------------------------------------------------------------------------------------